30 março 2011

moda #2



A mesma fonte garantiu a este blog que Funes faz-se acompanhar nessas deambulações por D. Jessica da Anunciação, pessoa que ulteriores investigações revelaram ser de nacionalidade brasileira, há várias dezenas de anos residente em Chelas, para quem aquele compra múltiplas destas extraordinárias peças de "haute couture".
Essas investigações permitiram apurar que, desde há vários meses e durante os dias úteis da semana, Funes aboleta-se, de cama e mesa, em casa da dita brasileira, em espúrio concubinato.

6 comentários:

mac disse...

pbl, isto não se diz assim, já pensou na Sra Funes?!?
Batatas, diga-lhe em privado e dê-lhe o devido tempo de digestão...

pbl disse...

Madame Funes - que quando se passar, daqui a muitos, muitos e longos anos, irá para o Céu - sabe muito bem o canastrão que tem em casa.

choco disse...

e para disfarce usa o tailleur rosa do lado direito?

privada disse...

isto é no Porto? parece um filme de terror, casa da cera ou o raio, bah

Blimunda disse...

E eu a pensar que, à falta de roupa a jeito em Aveiro, no Porto seria mais fácil concontrar. Irra!!!!

Funes, o memorioso disse...

É uma infâmia atroz andarmos nós a poupar e a abstermo-nos de (como antigamente) comprar a roupa nos estabelecimentos caros da feira da Senhora da Hora, para ver se juntamos uns tostões para a operação de mudança de sexo da minha Jessica (por enquanto ainda, oficialmente, José Lopes), e vir este jumentino canastrão aqui achincalhar o nosso amor.